Como se identifica uma geração?

25 set 2018

Não existe uma regra clara para identificação e classificação de uma geração, mas um dos fatores de determinação é, sem dúvida o ano de nascimento. O que varia é o período a ser considerado e, para isto, é preciso ser analítico.

Não existe uma regra clara para identificação e classificação de uma geração, mas um dos fatores de determinação é, sem dúvida o ano de nascimento. O que varia é o período a ser considerado e, para isto, é preciso ser analítico.

A Pew Research Center (PRC) levantou este questionamento em relação à geração Millennium, ou os Millennials, como são designados. Há mais de uma década de estudos dedicados a esta geração, o instituto começa a considerar em 2018 o fim deste ciclo de geração, mas por quê?

Na visão da PRC os Millennials compreendem indivíduos na faixa etária dos 22 a 37 anos, portanto nascidos entre 1981 e 1996.  Antes deles vieram a geração X (nascidos entre 1965 e 1980) e os Baby Boomers (1945 a 1964). Para esta geração há um período bem definido. É a geração que emerge do pós-guerra e permanece até 1964, marcada por um significativo decréscimo da taxa de natalidade, com a utilização da pílula anticoncepcional. A definição para as gerações posteriores foi mais analítica.

O PRC considera 1996 um ano significativo para determinar o fim do período pertencente aos Millennials, devido às transformações econômicas, políticas e sociais que definiram os anos de formação desta geração: os ataques terroristas, como o 11 de setembro; as guerras no Iraque e no Afeganistão e contribuíram para a intensa polarização que molda o atual ambiente político. Em termos sociais, os Millennials marcam o início de uma geração adulta etnicamente diversificada e em termos econômicos, eles enfrentaram o auge de uma recessão econômica justamente na idade de ingressar na força de trabalho.

A nova geração, chamada provisoriamente de pós- Millennials não tinham idade suficiente para compreender o significado histórico dos ataques terroristas, são ainda mais diversificados socialmente e mais livres para suas escolhas profissionais, ou ter a opção de criar sua própria profissão, através do uso da tecnologia.

Para a pesquisa é fundamental identificar a geração com a qual estamos interagindo para conseguir comunicar-se da forma mais adequada utilizando o canal mais efetivo.

Para mais detalhes consulte: http://www.pewresearch.org/fact-tank/2018/03/01/defining-generations-where-millennials-end-and-post-millennials-begin/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *